Sábado, 14 de Junho de 2008

Todos nós somos Pessoa

Autor: Júlio Pomar

 

EPITÁFIO

 

Sonhaste ser um dia cavaleiro

De um só destino ardente, desidério

Da alma lusíada, derradeiro

Pregão a anunciar o quinto império.

 

Cavalgaste no éter: teu segredo

Ousado soou, clareando a bruma

E os teus heróis ficaram sós com o medo

Que o mar nos vem comprar pagando em espuma.

 

Já Pessoa não és que a tua musa

Feneceu no mar afogada em sal

E nova gesta inventou n'alma ferida.

 

Desembainha agora à esperança lusa

E faz surgir um novo Portugal,

Pelas fronteiras de uma Europa unida.

 

Poema de Henrique Leal, lido pelo autor no Programa "Discurso Directo" (Rádio Clube do Entroncamento), em 13-6-1988, no 1º Centenário do nascimento de Fernando Pessoa.


publicado por rodamarante às 11:21
link do post | favorito
Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. Amizade

. Feliz Ano Novo

. "Assalto"

. ACADÉMICA em 2º lugar!!!!

. Morreu JOSÉ TORRES. Viva ...

. O primeiro dia

. " França: Vaticano compar...

. Buracos e buraquinhos

. Portugal no seu melhor!

. Depois das Férias, o Regr...

.arquivos

. Janeiro 2011

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Abril 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.links

.arquivos

. Janeiro 2011

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Abril 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008